Publicado em 27 de Novembro de 2021 | 08h32m

Justiça bloqueia contas bancárias de Deolane Bezerra.

Uma empregada doméstica acusa a famosa de não recolher o FGTS obrigatório.


Elen Carolina



Sempre envolta em polêmicas, a advogada e influenciadora Deolane Bezerra já pode adicionar mais uma à sua coleção. A viúva do funkeiro MC Kevin, que morreu em maio deste ano, teve suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça após descumprir uma ação trabalhista. Uma empregada doméstica acusa a famosa de não recolher o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) obrigatório.

A funcionária trabalhou para a influenciadora por quase dois anos, entre 18 de maio de 2017 e 12 de fevereiro de 2019 como empregada doméstica , recebendo um salário de R$ 1,5 mil. Porém, de acordo com o texto ao qual o EM OFF teve acesso com exclusividade, Deolane não fez o recolhimento do fundo de garantia.durante todo o período. Assim, ao ser dispensada do trabalho, a mulher não conseguiu dar entrada no seguro-desemprego.

A doméstica, então, entrou com uma ação na Justiça do Trabalho contra Deolane Bezerra. Ambas fizeram um acordo no qual o vínculo empregatício foi reconhecido e a infleuncer se comprometeu a quitar os valores devidos. No entanto, Deolane não cumpriu os termos estabelecidos. O texto do processo mostra que deolane descontava os valores referentes ao FGTS da empregada doméstica, mas não realizava os depósitos.

No dia 15 de abril de 2021, Deolane Bezerra faltou à uma audiência realizada na 22ª. Vara do Trabalho em São Paulo. e foi representada por sua advogada, que ofereceu um acordo no qual a influenciadora pagaria o valor de R$ 4 mil, sem reconhecimento do vínculo, o que não foi aceito pela empregada doméstica. No total, Deolane deve mais de R$ 10 mil.

Esse valor é a soma do valor destinado ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que deveria ter sido pago pela influenciadora e multas e correções monetárias. De acordo com o texto, “a reclamada [Deolane] não comprovou o recolhimento previdenciário, tampouco abriu a conta vinculada“. A conta de Deolane foi bloqueada, o valor referente. à dívida retirado e a conta devolvida.

A Justiça já retirou os R$ 10.700,97 referentes à dívida de Deolane para com a empregada. de suas contas, porém, a empregada ainda não conseguiu as guias do seguro-desemprego. Deolane deveria ter depositado R$ 500 na conta da Caixa Econômica vinculada ao FGTS. para que a ex-funcionária tivesse acesso ao seguro, mas ela não fez isso. O juiz. responsável pelo caso, no entanto, autorizou a demanda via ofício.

Os cerca de R$ 10 mil devidos por Deolane é um valor bem inferior ao que a digital influencer, que soma mais de 13 milhões de seguidores no Instagram, cobra para aparecer em um evento. Nesta semana, Dayanne Bezerra, irmã de Deolane que também é advogada, deixou “escapar” nos stories o valor que a viúva de MC Kevin cobraria para fazer. presença vip em um evento: R$ 150 mil por duas horas.

Em junho, o EM OFF divulgou com exclusividade o valor cobrado pela advogada para fazer propagandas e postagens em seu perfil no Instagram. Os planos de publicidade para marcas variam entre R$ 25 mil e R$ 75 mil, de acordo com o acordo estabelecido com empresa ou a marca. O “midia kit” de Deolane inclui divulgação nos stories ou até postagens no feed da rede social.

Já em setembro, enquanto curtia as férias em Dubai, um dos principais destinos dos principais destinos dos ricos e famosos, Deolane compartilhou com os seguidores imagens em um restaurante de luxo e comendo carne banhada a ouro. “OAB não é ouro, é banhada viu?”, escreveu ela, mandando uma indireta à Ordem dos Advogados do Brasil. “Quem sabe ser rica, é eu”.

Fonte: Emoff

Clique nos links abaixo e siga o Coluna Retratos nas redes sociais:

Instagram / Facebook / Grupo Coluna Retratos no Whatsapp

 







COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE